Festas Infantis em Portugal

No Brasil temos essa cultura das festas suntuosas, que acabam sendo mais festas pra adulto “ver” que pra “criança brincar”. Calma amigos Brasileiros, não falo das vossas festas, afinal todas que eu fui meus pequenos se divertiram à valer. Digo festas infantis que mais parecem casamentos, cujos orçamentos ultrapassam até a marca dos mesmo financeiramente. Temos no Brasil muitas casas de festas infantis, para todos os bolsos, mas mesmo até a festa mais em conta, é cara pra grande realidade. Já vi pessoas se endividando ( eu inclusive ) para poder proporcionar uma festa dessas para os meus filhos, mas pelo menos foram poucas ( ufa ).

Cheguei aqui e tive a grata surpresa de ver a simplicidade das festas. Não tem aquelas mesas cheias de personalizados, são bandejas ( tipo aquelas de quando éramos crianças ) com pipocas, sandes de queijo e fiambre, batata chips e normalmente um bolo feito pela mãe. Algumas pessoas alugam insufláveis, mas normalmente as brincadeiras são as mais antigas possíveis, desde pular corda até passa anel. Uma graça! Ah, e as festas são exclusivas das crianças. Deixamos na porta e buscamos após umas três horas mais ou menos. Mais abaixo explico a dinâmica dos presentes.

Obviamente existem alguns lugares com espaço para festas, mas até esses são mais simples e beeeemmmm mais baratos ( nem dá pra comparar ) que os espaços do Brasil. Geralmente custam em torno de 12 Euros por criança e está incluído o lanche, bebidas, bolo e uma lembrancinha. Esses espaço tem monitores e também só entram crianças. Eles permitem 2 adultos responsáveis e é normal que o espaço fotografe e depois venda as fotos.

O mais interessante que achei foi em relação aos presentes. Primeiro que o valor é bem simbólico: uns 10 euros por presente, mas aqui com esse valor compramos prendas bem bacanas. Normalmente fazem uma rodinha e vão chamando as crianças pelo nome e as mesmas entregam os presentes, o aniversariante abre e agradece. Achei fofo e ao mesmo meio constrangedor, vai que a criança esquece o presente, né ?!
Essas festas demoram entre 2 e 3 horas, e os pais buscam na porta.

Também temos muitos piqueniques aqui, mas tudo mais simples mesmo, creio que não precise nem de autorização. São tantos por parque que as vezes trocamos até os aniversariantes. Aqui em Lisboa existem espaços ao ar livre aos montes. Todos limpos e com muita estrutura, de bebedouros à casas de banho ( banheiro ).

Eu acho o máximo esse tipo de festa…e vocês, o que acham ?

 

 

Festas Infantis em Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *